Saber Fazer

Diário do Curso do Linho em Famalicão

Linum Usitatissimum L.

A PLANTA
O linho é uma planta anual, herbácea com um caule composto por inúmeros feixes de fibras e raiz aprumada, pouco desenvolvida. As folhas são alongadas, sésseis, de cor verde pouco intenso e com disposição espiralada. As folhas superiores são mais estreitas e as da base do caule mais largas.
As flores, cimeiras, são hermafroditas e pentâmeras (5 sépalas inteiras ovada-oblongas, 5 pétalas azuis, brancas, lilases ou rosa pálido, 5 estames e 5 carpelos), apresentando pétalas geralmente de cor azulada.
O fruto dos linhos Galego e Mourisco são de cápsula, com 5 lóculos globosos ovoides, deiscentes na maturação, sendo que a fecundação é autogâmica.
As sementes podem ser amareladas, castanhas claras ou escuras, lisas, são brilhantes com uma forma oval, achatada, lanceolada e com uma beira afiada. Possuem um tegumento resistente e ao corte mostram um albúmen fino e um grande embrião contendo óleo e aleurona.

OS SOLOS
Solos férteis, drenados e profundos, trabalhos com culturas anuais antecedentes. Profundo, com teor de humidade média e boa reserva, solto (pouco argiloso), rico em MO e sem excesso de cálcio ( prejudica crescimento e riqueza de fibras). Evitar solos compactados, impermeáveis, mal drenados, solos porosos e arenosos ou solos com excessiva matéria orgânica não decomposta ou demasiado azoto (caso de antecedentes culturais). pH: 5-7

CLIMA E TEMPERATURA
Planta de dias longos ou seja quanto mais longos se tornam os dias, mais curto é o ciclo vegetativo do linho, ficando as plantas mais pequenas e a fibra de menor qualidade. As temperaturas amenas e humidade atmosférica elevada, são essenciais para uma boa produção e qualidade da fibra.
Não cresce abaixo dos 5oC mas também deixa de crescer acima dos 28oC
As temperaturas ótimas : 10 e os 20oC, desde a sementeira até ao arranque.
Março é assim, o mês mais propício para as sementeiras do linho.

ÁGUA E REGA
Cultura exigente em água. O linho têxtil tem maiores produções em climas temperados húmidos. Apesar de um linhar precisar de bastante humidade, o linho Galego não precisa de mais de 3 a 4 regas, dado o período curto da sua cultura (+/- 2,5 meses) e a época em que é cultivado (Março a Junho). Pode ser regado por aspersão de gota fina ou por alagamento. Neste caso, os regos condutores da água não devem ser demasiado inclinados e os sulcos devem estar relativamente próximos, dado que a água tem de vencer a resistência de uma grande quantidade de plantas. Na rega por alagamento os sulcos devem ser abertos logo a seguir à sementeira.

Texto criado pela Eng.Marisa Moreira como informação preparatória para o nosso cultivo