Diário | Journal

Porquê tosquiar?

Shrek, a ovelha que ficou sem ser tosquiada durante seis anos, tempo em que andou fugida. / Shrek, a sheep that hid in a cave for six years without being shorn;

Shrek, a ovelha que ficou sem ser tosquiada durante seis anos, tempo em que andou fugida. / Shrek, a sheep that hid in a cave for six years without being shorn;

O único objectivo da tosquia não é obter a lã enquanto matéria-prima, e diria até que para a maior parte das raças que são mantidas pelo Homem, esse nem é o objectivo principal. Aqui em Portugal, em que a maior parte dos ovinos não têm como vocação principal a produção de lã, e em que a lã já não tem (ou ainda não tem?) grande valor económico, os animais são tosquiados na mesma.
Então porque é que se faz a tosquia mesmo quando a lã tem tão pouco valor comercial que se torna mais um encargo do que um benefício para os criadores? 

A maior parte dos ovinos que existem à face da terra são animais domesticados. Isto quer dizer que foram desenvolvidos ao longo de séculos para corresponder a uma ou várias necessidades de produção - lã, carne ou leite. Nestas raças domesticadas, ao contrário do que acontece com as selvagens em que o pêlo cresce muito menos e tem tendência a cair naturalmente no tempo quente, a lã cresce continuamente ao longo de todo o ano. Simplesmente não pára de crescer.
Uma ovelha que não seja tosquiada, e que mantenha a sua lã para o verão, vai sobreaquecer e perder a capacidade de regular a temperatura corporal no tempo quente.  A somar a isso, também há o aumento de peso que vai causar desconforto ao animal e atrapalhar a sua mobilidade.
Em termos de higiene, ao longo de um ano de crescimento, a sujidade natural e uma certa quantidade de matéria vegetal que depende muito das condições em que vive o animal vai acumulando no velo. Por causa disto, a lã fica com área feltradas e bastante sujas, que se traduzem em desconforto. Na zona traseira e genital acumulam-se também urina e fezes, que podem causar queimaduras, provocar doenças e atrair insectos e vermes que se alojam no velo e nas rugas de pele do animal. 

Então, porque é que as ovelhas devem ser necessariamente tosquiadas? Porque é um passo indispensável para garantir o seu bem-estar.


Why shear?

The only purpose of shearing is not to extract wool as a raw matter, and I would even say that for most breeds kept by man, that is not even the main goal. Here in Portugal, where most sheep aren’t bred specifically for wool, and where most of the wool is no longer so valuable as it used to be, the animals are shorn anyway.
So, why are sheep shorn even when the wool has little comercial value and is actually more of an expense to remove than a benefit for the breeder?

Most sheep breeds are domesticated animals. This means that they were developed by man throughout centuries to correspond to one or several production needs - wool, meat or milk. Unlike the wild breeds, whose hair falls out naturally during the warmer weather, the wool on a domesticated sheep grows all year long. It simply does not stop growing.
A sheep that isn’t shorn, and that keeps its wool for summer, will probably overheat and loose the ability of regulating their body temperature during the warmer weather. Adding to that, there’s the increase in weight that will be discomfortable for the animal and cause mobility issues.
Hygiene wise, during a whole year of growth, the natural dirt and a certain amount of vegetable matter, that dependes on the conditions where the animal is kept, will accumulate on the fleece. Because of this, the wool will get felted and get dags, which is also very uncomfortable. The rear end and genital area will also accumulate urine and excrements, that can cause burns and diseases on the animal’s skin, as well attract insects and worms that hide in the fleece and skin’s wrinkles.

So,  why do sheep absolutely need to be shorn? Because it is an essential step to guarantee their welfare.