Saber Fazer

Diário | Journal

O Linho - preparação do terreno

  Imagens: Carlota Carqueja - Serralves; / Photos: Carlota Carqueja - Serralves;

 

Imagens: Carlota Carqueja - Serralves; / Photos: Carlota Carqueja - Serralves;

O nosso Linho foi semeado mais tarde do que devia, a 23 de Abril. O plano era fazê-lo duas semanas antes, no final de Março/início de Abril, mas problemas relacionados com o equipamento que era necessário para mobilizar o solo, obrigaram não só a que o momento fosse sucessivamente adiado, mas também a mudar de localização para o cultivo, e esta data foi o melhor que conseguimos fazer. 
Idealmente, a própria preparação do solo seria feita algum tempo antes, mas o início do trabalho sobre o linho começou muito em cima daquilo que é a época de sementeira aqui no Norte Litoral, e não houve tempo suficiente para estrumar ou adubar o solo com a devida antecedência. 

Assim, no dia 20 de Abril, preparou-se o terreno para semearmos o linho.
Primeiro passou-se a fresa para destruir as infestantes, que estavam muito altas, e esmiuçar o solo.
De seguida passou a charrua de aiveca para revirar o solo e enterrar os resíduos de infestantes deixados à superfície. E por último, foi passada a grade de dentes para alisar o solo.
As infestantes que delimitavam o terreno foram removidas com a moto-roçadoura.

--

[20.04.2015 / Este post refere-se à investigação e actividades desenvolvidas no âmbito do programa Saber Fazer em Serralves ]


Flax  - Preparing the soil

Our flax was sowed a little bit later than it should have, by the 23rd of April. The plan was to do it two weeks earlier, at the end of March/beggining of April, but problems related with the equipment necessary to prepare the soil made us postpone it several times, and also change the location, and this date was the best we could do.
In perfect conditions, the soil preparation also should have been done a lot earlier, but my work on flax started a little bit on top of what is the right sowing season here in the north of Portugal, and there was not time enough to fertilize in advance.

So, in the 20th of April, the grounds for the flax crop was prepared.
First, we used the milling cutter to destroy the weeds, that had grown tall, and break the soil.
Next, the plow was used to turn the soil and bury the weed traces that were on the surface. And last, we used the harrow to even out the ground.
The weeds around the grounds were removed using an electric hedge trimmer.

--

[29.04.2015 / This post refers to the investigation and activities developed during the Saber Fazer em Serralves program]