Saber Fazer

Diário | Journal

Terminaram as oficinas da Primavera

Terminou a Primavera e com ela as oficinas que ensinaram a produzir e extrair fibras têxteis: Oficina prática de Tosquia, Oficina de extração de Seda e Oficina prática de processamento e fiação de Linho, que decorreram em Serralves.

Foi bom ver alguns objectivos deste programa começarem a cumprir-se: produziram-se as fibras na própria Quinta, reuniram-se as ferramentas e receberam-se os artesãos certos para que uma pequena fatia deste conhecimento pudesse começar a ser transmitida a quem quer aprender. Com esta combinação as oficinas esgotaram e, tal como eu sabia que aconteceria porque o mesmo se passou comigo, a paixão e o verdadeiro saber-fazer que a D.Teresa e a Dores têm pelo seu trabalho fez com que os participantes ganhassem verdadeira curiosidade nestes ofícios. 
Muita gente ficou de tal forma convencida que quem participou na da Seda quis levar consigo algumas lagartas ou casulos que, entretanto já soube que já fizeram criação, e quem participou na do Linho levou consigo semente de Linho Galego para começar um pequeno Linhal em 2017. A isto chama-se espalhar, literalmente, a semente.

Mas se a Primavera é a época da produção da matéria-prima, então no Outono começa a época da transformação e, por isso, daqui a uns meses haverão mais oficinas e artesãos fora-de-série para ensinar quem quiser vir aprender mais.

(Apesar das oficinas terem corrido muito bem, não consegui parar um minuto para tirar fotografias decentes. Só tenho estas aqui para mostrar um pouco do que foi, o que é uma pena, mas é o que é...)

//

The Spring workshops are over

Spring is over and so are the workshops dedicated to teaching how to grow and process textile fibers from the ground: Sheep Shearing, Silk Reeling and Flax growing and processing were taught in Serralves using the fibers grown right on the farm.
It was nice to see some of the goals for the "Saber Fazer em Serralves" program being accomplished: growing the fibers in situ, gathering the right tools and having excellent craftsmen and women to pass along some of their knowledge to people that are genuinely interested. 

And if Spring is the time to grow your fibers, then Autumn will be the time to transform them. So, in a few months time, we'll have more workshops and craftsmen and women to come to Porto and teach their art.

(Although the workshops went really well, I had no time to stop a minute and take decent photos, which is a pity, but that's that....)