Saber Fazer

Diário | Journal

"What you do is very subversive"

ann-hamilton-7.jpg

Um dos maiores prazeres que me podem dar é, provavelmente, perceberem porque é que faço o trabalho que faço sem eu ter de explicar nada.

No fundo sei que o tema é difícil e complexo e que me esforço pouco ou nada para explicar o porquê e para quê das coisas. Costumo deixar as acções falarem por si, mas estas estão abertas a interpretações, claro. Todos vemos o que queremos ou precisamos de ver e nem sempre o que está a acontecer na realidade.
Nada do que me vêem fazer aqui, sejam oficinas, pesquisas, livros ou falar dos fazedores como falo, é o resultado final do meu trabalho. Na verdade não consigo garantir qual será esse resultado final, porque não consigo prever as repercussões do que estou a fazer, mas sei exactamente onde quero chegar.
E, às vezes, surgem pessoas que tendo sabido do que faço há apenas uns dias e tendo entrado no meu espaço há menos de 30mn acertam na mouche com um simples comentário:  "What you do is very subversive"

Maior. Elogio. De. Sempre.

A visita foi da Ann Hamilton, tornada possível pela igualmente interessante Cindy Steiler que, por sua vez, veio cá parar pela mão da Cláudia Alemão.

/

One of the biggest pleasures you can give me is, probably, understanding why I do what I do without me explaining anything.
Deep down I know this is a difficult and complex theme and that I make little to no effort to explain why and what for. I tend to let actions speak for itself, but these are open to interpretations, of course. We all see what we want or need to see, but not exactly what is truly happening.
What you see me doing here, may that be workshops, research, books or talking about craftspeople is not the end result of my work. I can't exactly know what that end result will be, because I can't measure the consequences of it, but I know exactly what I'm aiming for.
And, sometimes, people that got to know my work only a few days ago and that had spent a mere 30mn in my space get it absolutely right with just one comment: 
"What you do is very subversive"

Biggest. Compliment. Ever.

The visit was from Ann Hamilton, made possible by the also amazing Cindy Steiler that was brought here by my good friend Cláudia Alemão.

etcAlice BernardoComment