O QUE É O SABER FAZER?

O SABER FAZER é uma iniciativa coordenada por Alice Bernardo, que desde 2011 se dedica à investigação, valorização e divulgação das técnicas de produção artesanal e semi-industrial em Portugal, bem como dos recursos locais a elas associados.

Do linhal ao tear, dos jardins de tintureiras ao pigmento, dos rebanhos ao fio, o SABER FAZER procura oferecer a quem vem aprender um contacto e perspectiva diretos e práticos de todos os ciclos da produção.

Privilegiamos os recursos genéticos locais e os processos produtivos sustentáveis e de pequena escala. Trabalhamos com variedades locais de Linho, lãs das 16 raças de ovinos autóctones e cultivamos em modo biológico muitas das matérias-primas que utilizamos nas nossas formações.

fundo.jpg
 

O QUE FAZEMOS

O SABER FAZER é um projeto multifacetado, que explora a aquisição e passagem de conhecimento na área da manufatura de pequena e média escala de várias formas. O que fazemos então?

 

Organizamos oficinas e cursos que são um dos elementos centrais do nosso trabalho. São eventos educativos apoiados num forte trabalho de investigação e sempre orientados pelos melhores e mais interessantes artesãos profissionais na sua respectiva área.
Realizamos investigação contínua e desenvolvemos os nossos próprios manuais pedagógicos, que são fruto de anos de investigação e que são de momento dos poucos manuais escritos em português sobre os respectivos temas.
Temos uma loja (online e física) na qual oferecemos uma selecção dos melhores materiais e equipamentos para todos os fazedores, sejam eles experientes ou novatos. A nossa loja permite-nos capacitar os artesãos prestando-lhes um bom aconselhamento e acompanhamento na aquisição de material específico.

Prestamos serviços de desenvolvimento de conteúdos, registo de técnicas e consultoria a outras entidades que se encontrem a desenvolver trabalho na mesma área e que precisem do nosso conhecimento, experiência e profissionalismo.

Desenvolvemos programas educativos para todo o tipo de públicos: adultos, crianças, FORMAÇÃO PROFISSIONAL, escolas, etc, planeados à medida.

Produzimos matérias-primas que são a base do nosso trabalho de investigação e formação, neste momento em parceria com a Quinta Biohabitus, onde é tudo cultivado em modo biológico. Produzimos Linho Galego (com certificação biológica), Índigo, Ruiva-dos-Tintureiros, Lírio-dos-tintureiros e outras plantas. Todos os anos reunimos também Lãs em bruto de diversas raças nacionais, provenientes directamente das Tosquias, para utilizar nas nossas formações e comercializar na nossa loja.

linho-colheita.jpg
Craftsmanship is cumulative human experience
 

O NOSSO ESPAÇO

A nossa casa cheira a Lã, a Linho e àquilo que tivermos colhido na altura. É um espaço sempre em mudança, intenso, recheado de materiais, ferramentas e objetos que suscitam curiosidade e levantam perguntas.
Estamos localizados no Porto e o atelier funciona simultaneamente como loja e espaço para oficinas, com um grande jardim que está a ser recuperado para receber as nossas atividades e um mostruário do que cultivamos na quinta.